IMPOSTOMETRO

**********FRASES E PENSAMENTOS**********

...DEPOIS DO GOv. PASSADO MUITAS PESSOAS E EMPRESAS PASSARAM A ENCARAR, NUMA BOA, O ROUBO E FALCATRUAS COMO MAIS UMA ESTRATÉGIA PARA GERAÇÃO DE LUCRO.

********************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************

20/11/08

JOGO DO BICHO

Bicho desafia o Ministério Público
A promessa de fechar todas as agências do jogo do bicho de Belém, feita pelo Ministério Público Estadual, não foi cumprida. Os pontos de apostas funcionaram normalmente ontem, um dia após a Polícia Federal (PF) e o Grupo Especial de Prevenção e Repressão às Organizações Criminosas (Geproc), do MP, com a ajuda de policiais civis e militares e participação de um auditor da Receita Federal, estourarem a principal agência da atividade na capital, o Parazão, apontado como a central do jogo do bicho por reunir todas as siglas da Região Metropolitana de Belém.
Em uma das lojas do Parazão, localizada na esquina datravessa Curuzu com a avenida Almirante Barroso, no bairro do Marco, uma funcionária e um 'segurança', que não quiseram se identificar, informaram que receberam 'ordem' para funcionar normalmente.
'Mandaram a gente abrir a loja, então abrimos. É nosso trabalho', afirmou a funcionária. Ela não soube dizer de quem partiu a ordem e, segundo informou, desconhecia o motivo pelo qual uma das lojas havia sido fechada na véspera. 'Soubemos apenas que não teria o Corujão (último sorteio do jogo do bicho)', disse.
Pelas ruas, onde funcionam várias bancas de apostas - onde atuam os apontadores do jogo do bicho - a situação era a mesma. Todos diziam ter recebido orientação para funcionar, mas não sabiam explicar de quem partiu a autorização.
(Liberal dig.)

Nenhum comentário:

Busca no blog

Digite a palavra aqui.